Jovem com raízes na Cerejeira na final do concurso The Voice Portugal

Rodrigo Lourenço, de 17 anos, é um dos finalistas da nona edição do programa da RTP “The Voice Portugal”. Residente em Castelo Branco, a família paterna do jovem talento é da aldeia de Cerejeira, no concelho de Proença-a-Nova. “Beirão de coração”, como referem os seus familiares, Rodrigo frequenta o Conservatório Regional de Castelo Branco e decide apresentar-se nas provas cegas como tema “Maldição”, de Amália Rodrigues: para além de cantar, também toca piano. “O canto é uma das expressões maiores de arte e sendo o nosso primeiro instrumental musical, o Rodrigo Lourenço tem emocionado e deslumbrado os espetadores deste programa. Sendo neto da Cerejeira e residente em Castelo Branco, é também um pouco de nós que se sente na voz do Rodrigo. A forma de o apoiar é votar no próximo domingo com a expressão Proencense e Beirã que ele também traduz”, refere João Lobo, presidente da Câmara Municipal.

Tendo como mentor António Zambujo, Rodrigo Lourenço tem conquistado todos os elementos do júri (composto ainda por Marisa Liz, Áurea e Diogo Piçarra). “Se já tinha um grupo de fãs razoável com o seu canal Youtube que no último ano ia alimentando com diversos covers, após a sua participação no The Voice Portugal, a projeção do canal tem sido alucinante, assim como as palavras de apoio e incentivo que vão surgindo de todos os quadrantes”, refere a família que se tem mobilizado para garantir mais votos da parte do público de forma a conquistar a tão ambicionada vitória neste programa televisivo.

2022-01-18