COVID-19: Ponto de Situação do Concelho de Proença-a-Nova

O concelho de Proença-a-Nova contabiliza esta quarta-feira, 21 de abril, quatro casos positivos de pessoas infetadas com COVID-19, para um total de 207 recuperados e 3 óbitos, não existindo ao dia de hoje pessoas em vigilância. João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, informa que o presente surto ficou concentrado no agregado familiar, não tendo havido novos casos associados. No entanto, reforça o pedido de se continuarem a respeitar todas as recomendações das autoridades de saúde para que se atinja o objetivo de não haver no concelho nenhuma pessoa infetada com COVID-19.

A partir de 3 de maio, o país poderá entrar numa nova fase de desconfinamento, à medida que avança o processo de vacinação. De acordo com informação da Ministra da Saúde, até ao final de maio todas as pessoas com mais de 60 anos terão recebido, pelo menos, uma dose da vacina contra a Covid-19. Em conferência de imprensa realizada a 21 de abril, Marta Temido adiantou que já foram inoculadas 2,9 milhões de doses em Portugal e que cerca de 690 mil pessoas já tomaram a segunda dose da vacina. Quanto ao grupo com mais de 80 anos, a Ministra afirmou que "91% já tomaram a primeira dose e 58% a segunda dose, tendo como consequência visível a baixa letalidade da doença nestas idades".

Na mesma ocasião, a Diretora-Geral da Saúde adiantou que, a propósito dos critérios de vacinação, a idade continua no topo, mas as doenças - com ou sem prioridade – mudam: a diabetes, por exemplo, sai da lista, enquanto entram doenças oncológicas ativas, pessoas em situação de transplantação, imunossupressão e algumas doenças neurológicas e mentais. Segundo Graça Freitas, no âmbito das doenças graves, será dada prioridade a doentes oncológicos ativos (que estejam a fazer quimioterapia ou radioterapia), pessoas em situação de transplantação, pessoas com imunodepressão (por exemplo, com HIV mas não só), doenças neurológicas e epilepsia refratária, bem como doenças mentais como esquizofrenia. Pessoas com obesidade (acima de 35% do índice de marca corporal) ou diabetes tipo II serão vacinados de acordo com a faixa etária.

2021-04-21