Centro Ciência Viva da Floresta clarifica temática da entomofagia

O Centro Ciência Viva da Floresta realizou no dia 29 de setembro a atividade “Entomofagia – Comer Insetos – Excentricidade ou Necessidade”, iniciativa que procurou debater o consumo de insetos por seres humanos, que ainda é visto como um tabu na Europa, e derrubar mitos sobre o tema. Nuno Pequito, que dinamizou a atividade, fez um balanço positivo já que a iniciativa contou com “um maior número de participantes que as vagas apresentadas e durante a ação não mostraram qualquer receio, o que demonstrou o grande interesse pelas novas formas de alimentação, como a entomofagia”. Alertou o público que “a comercialização ainda não está legalizada em Portugal, mas as pessoas podem produzir em casa para consumo próprio”.

Na atividade foram apresentadas aos participantes técnicas de produção e algumas espécies de insetos que são mais utilizadas para alimentação no continente europeu e ainda tiveram oportunidade de degustar algumas amostras. Segundo dados da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, o consumo de insetos por seres humanos está presente em mais de 100 países, com predominância na Ásia, África e América Latina.

2018-10-09