Campo arqueológico explora antas das Moitas

Durante duas semanas, uma equipa da Associação de Estudos do Alto Tejo vai fazer prospeção arqueológica nas antas existentes nas Moitas e jovens com mais de 16 anos poderão participar nos trabalhos. Serão aceites pelo menos dois voluntários para colaborar nas escavações, que se iniciam no próximo dia 16. Os interessados deverão contactar o Município por telefone (274 670 000) ou através do e-mail agendacultural@cm-proencanova.pt.

No total, estarão envolvidos no campo arqueológico seis especialistas, quatro dos quais ficarão em permanência. O objetivo é promover o inventário arqueológico e valorizar as sepulturas pré-históricas integradas no percurso pedestre A História na paisagem, atualmente suspenso devido aos condicionamentos causados pelas obras de construção do IC8.

O programa do campo inclui uma conferência integrada nas comemorações do quinto aniversário do Centro Ciência Viva da Floresta, a 21 de julho. Serão abordados três temas com relevância no concelho – os monumentos megalíticos, as pinturas rupestres pré-históricas na serra das Talhadas e as estruturas militares dos séculos XVIII e XIX.

Para dar a conhecer a importância estratégica militar que a linha defensiva das Talhadas e Moradal representou para o concelho, está em curso o desenvolvimento dos conteúdos para o Centro Interpretativo dos Fortes e Baterias, a instalar no espaço exterior do Polo de Biblioteca e Museu Isilda Martins, em Sobreira Formosa.

2012-07-11