Mais turistas e visitantes em Proença-a-Nova no mês de agosto

O turismo é uma das principais apostas do Município de Proença-a-Nova que tem investido não só na divulgação das potencialidades do concelho como também na dinamização de diversas atividades destinadas a quem está de férias, seja residente ou visitante. Analisando diversos indicadores recebidos dos equipamentos geridos pelo Município, destaca-se o aumento da presença de turistas e outros visitantes no concelho durante o mês de agosto: “é um bom indicador, sinal de que Proença-a-Nova está a capacitar o aumento de turismo que o país e a região têm registado, o que deixa antever um futuro promissor para o concelho nesta área”, salienta João Paulo Catarino, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova.

Entre os indicadores recolhidos está o do Hotel das Amoras que registou em agosto de 2015 uma taxa de ocupação superior a 80%, mais 20% que em igual período do ano passado: na prática, este aumento traduz-se em mais 200 dormidas. Estes números estão a influenciar positivamente os dados anuais do Hotel das Amoras já que, até à data, há em média um aumento de 10% da taxa de ocupação, em linha com o registado a nível nacional, que se traduz em mais 731 dormidas.

No Centro Ciência Viva da Floresta, uma das principais atrações do concelho de Proença-a-Nova - que ultrapassou este ano os cem mil visitantes, o número de visitas em agosto de 2015 aumentou para mais do dobro (mais 118%) quando comparados os dados com agosto do ano passado: 1500 pessoas incluíram no programa das suas férias um passeio pela Ciência Viva da Floresta.

O Posto de Turismo de Proença-a-Nova, que presta informação detalhada sobre os principais atrativos do concelho, também registou um aumento de 22% no número de pessoas que pediram informações, nomeadamente locais a visitar, onde comer, mapa e roteiro turístico, e praias fluviais. Face à ausência de caudal na Fróia e Aldeia Ruiva, que ainda assim se mantiveram abertas ao público por manterem a qualidade da água, o Posto de Turismo apresentou as alternativas existentes no concelho, nomeadamente a praia fluvial do Malhadal e a zona balnear de Alvito da Beira, bem como as piscinas de Pedra do Altar e São Pedro do Esteval, ambas de utilização gratuita.

Alguns destes locais receberam atividades inseridas no programa de verão, nomeadamente as aulas de hidroginástica (nas piscinas), canoagem (no Malhadal) e ginástica ao ar livre (parque urbano), promovidas pelo Grupo de Desporto do Município e de entrada gratuita. Todas as atividades registaram muita adesão, com destaque para a canoagem (que teve 506 participantes no mês de agosto) e hidroginástica, com médias de 25 e 12 pessoas em São Pedro e Pedra do Altar, respetivamente, em cada sessão.

2015-09-04