Câmara Municipal entrega compostores domésticos aos munícipes

O Município de Proença-a-Nova vai promover um conjunto de ações de sensibilização ambiental sobre compostagem doméstica, nas sedes de freguesia, a partir do mês de maio: a primeira ação acontece a 7 de maio, às 19h30, em São Pedro do Esteval; segue-se a 14 de maio, às 19h00, em Sobreira Formosa; a 21 de maio, às 19h00, em Montes da Senhora; e a 27 de maio, às 18h30, em Proença-a-Nova. As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias nas respetivas Juntas de Freguesia e o número de participantes está limitado à capacidade da sala onde decorrerá a ação, de acordo com as normas da Direção-Geral de Saúde.  No final, os participantes receberão um compostor doméstico (número de equipamentos limitados e atribuídos por ordem de inscrição).

Esta iniciativa foi uma das propostas aprovadas no âmbito do Orçamento Participativo 2020, apresentada pelo munícipe Pedro Serra, que contempla a aquisição de compostores para distribuição gratuita junto dos munícipes. O objetivo é sensibilizar para a diminuição da aplicação de adubos e pesticidas sintéticos, reduzindo a contaminação dos solos, da água e do ar. A oferta dos compostores é comum a todas freguesias do concelho, num investimento total de 3.600,00 €.

A compostagem é um processo natural e biológico de decomposição de resíduos orgânicos (provenientes das hortas, jardins e cozinhas) por ação de microrganismos que os transformam numa matéria rica, escura, com aspeto de solo, denominado ‘composto’. A compostagem doméstica, além de ser um processo extremamente simples de executar, permite valorizar os resíduos, poupando custos ambientais e económicos significativos (nomeadamente custos no transporte de lixos e na deposição em aterro). O adubo orgânico resultante é ideal para ser utilizado em vasos, floreiras ou nos canteiros das hortas (agricultura biológica) e jardins, pois melhora substancialmente a estrutura do solo.

2021-04-20