Composição da Câmara Municipal

 

Presidente

 João Manuel Ventura Grilo de Melo Lobo

Natural de Angola e residente em Sobreira Formosa, foi vice-presidente desde outubro de 2005, passando a presidente em março de 2016. É formado em Engenharia Civil e pós-graduado em Urbanismo pela Faculdade de Engenharia da Universidade Católica Portuguesa. Pertence aos quadros da Infraestruturas de Portugal, tendo sido responsável pelo Serviço de Circulação e Segurança da Direção de Estradas de Castelo Branco.

Especializou-se em segurança em meio viário urbano, curso lecionado pela PRP / LNEC, e tem formação em auditorias de segurança. Na vida associativa e cultural, pertenceu à direção do Sport Clube Sobreirense, preside à Mesa da Assembleia Geral da Santa Casa de Misericórdia de Sobreira Formosa, integra o Grupo de Danças e Cantares Populares da mesma localidade, e preside também à Mesa da Assembleia Geral da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do concelho de Proença-a-Nova.

E-mail: joaolobo@cm-proencanova.pt.

 

Vice-Presidente

 João Crisóstomo Pereira Cavalheiro Manso

Nascido em Castelo Branco a 7 de março de 1967, foi vereador desde outubro de 2005 e a tempo inteiro desde abril do ano seguinte, passando a vice-presidente em março de 2016. Licenciado em Ensino de Matemática e Ciências da Natureza, foi professor na Escola C+S de Proença-a-Nova (atual Escola Pedro da Fonseca) e presidente do Conselho Executivo do mesmo estabelecimento de ensino entre 1995 e 2006.

Possui o curso de Gestão e Administração Escolar e um curso de formação profissional de animador cultural. Destacam-se como atividades complementares o facto de ter pertencido à direção do Núcleo da Juventude e de ter dinamizado projetos de comunicação social local, como diretor adjunto do jornal “Cruzeiro da Juventude” e responsável pelo jornal escolar “A Palmatória”.

E-mail: joaomanso@cm-proencanova.pt.

 

Vereadores

 Catarina Sofia da Encarnação Dias

Nascida a 11 de Julho de 1990, é natural de Proença-a-Nova onde residiu até aos 18 anos.

Licenciada em Relações Internacionais pela Universidade Lusíada de Lisboa, frequentou diversos programas internacionais onde se destaca o Programa Erasmus em Pádua, o curso de Cultura e Língua Espanhola em Valladolid  e formação em Língua Inglesa em Liverpool. Em 2011 participou na simulação das Nações Unidas organizada pela Universidade de Harvard em Singapura.

Tem especificado a sua formação na vertente económica e diplomática do espaço Ibero-Americano, destacando-se a Formação avançada em Diplomacia na América Latina pelo Observatório Político e o Curso livre de Integração Euro-Afro-Americana. Desde 2013 exerce funções de assessoria empresarial na Câmara de Comércio e Indústria Luso-Mexicana, onde coopera com o projeto de internacionalização Portugal Connect.

É membro do Grupo de Reflexão da AEBB, "Pensar a Beira Baixa", sócia da Amnistia Internacional e coopera com o projeto de apoio aos sem-abrigo, "Lanchinhos com Amor".

 

 Jorge Manuel Nogueira Tomé

Jurista de profissão, Jorge Tomé nasceu na freguesia de Sobreira Formosa em 1957. Viveu os primeiros anos em Lisboa, mas concluiu a escola primária na terra de origem, antes de se juntar à família que tinha emigrado para Angola. Em 1975 regressou a Portugal e formou-se em Direito na Universidade de Coimbra.

Entrou na política através da Juventude Social Democrata e foi candidato à Associação Académica de Coimbra. Atualmente faz parte da Comissão Política Distrital Permanente do PSD e é vice-presidente da concelhia do partido. Integrou a bancada do PSD na Assembleia Municipal, entre 2005 e 2013.

 

 Margarida Lopes Cristóvão

Natural de de Proença-a-Nova e residente em Moitas, é licenciada em Economia, pelo ISCTE, com especialização em Desenvolvimento Social e Territorial, Políticas e Projetos.

É técnica superior da Associação de Desenvolvimento da Raia Centro Sul (ADRACES), desde 2006, tendo como principais responsabilidades a análise e avaliação de investimentos enquadrados na abordagem LEADER (técnica do Sub programa 3 do PRODER e atualmente do DLBC), a conceção de planos e projetos de desenvolvimento e a elaboração de candidaturas a Programas e Iniciativas Nacionais e Comunitárias.

Entre 2004 e 2006 prestou serviços na empresa de consultadoria Espaço e Desenvolvimento – Estudos e Projectos, Lda., adquirindo conhecimentos e experiência nos domínios do desenvolvimento económico e regional, da avaliação de políticas públicas e de projetos, dos estudos sectoriais e regionais e do planeamento e ordenamento do território.

É presidente da direção da Associação Desportiva, Cultural e Recreativa de Moitas.

 

 

INFORMAÇÃO SOBRE OS ELEITOS

 Despacho da delegação de competências nos membros do executivo

 Despachos relativos à constituição dos gabinetes da presidência e dos vereadores

 

Remunerações

Presidente – 40% do vencimento do Presidente da República (nos termos da alínea d) do n.º 2 do artigo 6.º do Estatuto dos Eleitos Locais)

Vereadores – 80% do vencimento Presidente Câmara (nos termos do n.º 3 do artigo 6.º do Estatuto dos Eleitos Locais)

Secretários – 60% da remuneração base do Vereador a tempo inteiro (nos termos do n.º 3 do art.º 43.º da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro)

             

Despesas de Representação

Presidente – 30% da respetiva remuneração base

Vereadores – 20% da respetiva remuneração base

(Nos termos do n.º 4 do artigo 6.º do Estatuto dos Eleitos Locais)