Qualidade do Ar
 

 

 

Qualidade do ar é o termo que se utiliza, normalmente, para traduzir o grau de poluição no ar que respiramos. A qualidade do ar determina as condições de vida de pessoas, plantas e animais e como tal é um indicador importante da qualidade de vida. Elevadas concentrações de poluentes podem causar uma baixa qualidade do ar, pelo que é importante proceder à monitorização.

A avaliação da qualidade do ar é efetuada com base nos resultados obtidos nas estações da rede de monitorização da qualidade do ar existentes a nível nacional. A nível nacional, é monitorizada pelas Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional, que reportam os dados à Agência Portuguesa do Ambiente.

A CCDRC - Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro dispõe na sua área de jurisdição de oito estações de monitorização da qualidade do ar afetas à Rede Nacional de Medição da Qualidade do Ar. Face à necessidade de proceder à avaliação da qualidade do ar em todo o território, com vista a dar cumprimento ao Decreto-Lei n.º 276/99, de 23 de julho, foram delimitadas na Região Centro três Zonas (Zonas Centro Interior, Centro Litoral e de Influência de Estarreja - cujo comportamento, em termos de qualidade do ar, é, em certa medida, determinado pela laboração das indústrias químicas daquele Complexo Industrial) e duas Aglomerações (Coimbra e Aveiro/Ílhavo).

No âmbito do sistema de monitorização de qualidade do ar em Portugal a Agência Portuguesa do Ambiente promoveu o desenvolvimento da base de dados QualAr, com a possibilidade de consulta via Internet.

Esta aplicação visa centralizar todos os dados de qualidade do ar medidos em Portugal e disponibilizar informação ao público.

Caso pretenda, poderá consultar a informação disponibilizada sobre a região centro no seguinte link: