Marca Beira Baixa promovida na Bolsa de Turismo de Lisboa

O Turismo do Centro de Portugal foi o destino nacional convidado da edição deste ano da Bolsa de Turismo de Lisboa, onde se inseriu a participação da Comunidade Intermunicipal a Beira Baixa, na qual está integrado o Município de Proença-a-Nova.

O momento alto da participação do Município de Proença-a-Nova na BTL aconteceu no stand do Turismo do Centro de Portugal, que foi palco da apresentação de um vídeo promocional do concelho, destacando as comemorações do Ano Municipal da Floresta e em linha com a restante divulgação “Proença-a-Nova – o sítio certo”, cuja banda sonora foi tocada ao vivo pelos proencenses Soul Brothers Empire.

Na ocasião, João Lobo, presidente da Câmara Municipal, falou em nome da CIMBB, que agrega seis municípios, acrescentando que o desafio para este território está “na capacidade de nos interligarmos entre municípios e agentes nas ofertas turísticas diferenciadas e de vender este território de forma agregada, de modo a renascermos depois da tragédia do verão passado. Temos um território com poucas pessoas, mas ávido em acolher com um património cultural único”.

O presidente do Turismo do Centro de Portugal, Pedro Machado, destacou igualmente a importância de promover os territórios de baixa densidade com uma divulgação conjunta, em particular a marca Beira Baixa, “pois trabalhamos melhor em conjunto, encontramos melhores instrumentos financeiros para promover estes territórios, percebemos a competitividade e acreditamos que o valor que estes territórios têm é tão ou mais importante que os territórios de alta densidade”. Além disso, “a competitividade no turismo faz-se cada vez mais com as marcas e cada vez menos com aspetos individuais. Quando temos uma procura cada vez maior de turistas aos nossos territórios temos de ter produto para que eles fiquem mais tempo”.

A temática da floresta, a recuperação das áreas ardidas e o reerguer das regiões do interior foi assunto comum a muitos municípios da região centro, que destacaram as suas potencialidades e a sua capacidade de renascer.

A edição de 2018 da Bolsa de Turismo de Lisboa, que aconteceu entre 28 de fevereiro e 4 de março na FIL (Feira Internacional de Lisboa) foi “o sítio certo” para o Município de Proença-a-Nova apresentar os principais eventos gastronómicos. Através de um jogo, onde os participantes pescaram emojis/emoções para se habilitarem a provar sabores tradicionais, entre eles a tigelada, maranho em tempura, folhados de plangaio, filhós, vinho e licor de cereja, todos eles associados aos eventos divulgados, os visitantes puderam descobrir um pouco da gastronomia do concelho. Esta foi uma das atividades dinamizadas pelo Município de Proença-a-Nova no stand do Geopark Naturtejo. Juntamente com as restantes autarquias que integram o geoparque, a Naturtejo promoveu a iniciativa “Adote uma árvore”: os visitantes eram convidados a adotarem uma árvore, de espécies autóctones como sobreiro, pinheiro, azinheira, medronheiro ou carvalho, e a replantarem-na na região.

Tanto no stand do Geopark Naturtejo como no do Turismo do Centro de Portugal, foi também apresentado o Ano Municipal da Floresta e todas as ações previstas para todos os dias 21 de cada mês, valorizando assim uma das maiores riquezas da região, que se pretende bem preservada. O Centro Ciência Viva da Floresta também marcou presença neste certame dinamizando dois ateliers: caleidoscópio da floresta e marcador de cores naturais.

2018-03-05