Inauguradas obras de remodelação da associação do Estevês

As obras de requalificação do edifício do Centro Desportivo Cultural Social do Estevês foram inauguradas este sábado, 15 de abril, com a realização de um convívio, em que participaram os sócios e amigos da coletividade, e o descerramento de uma placa que marca “a vontade da associação do Estevês”. João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, destacou o papel dos corpos sociais do CDCS do Estevês que solicitaram apoio ao Município e à União de Freguesias de Proença-a-Nova e Peral e acompanharam de forma permanente a realização das obras. “Tenho a convicção que realizamos muito mais se fizermos juntos. Hoje, mais do que nunca, temos que ter a noção que a sociedade civil, as associações, são fundamentais para tomar a iniciativa que não pode estar sempre do lado do Município. A Câmara tem dado, ao longo dos últimos anos, um incentivo grande na melhoria do espaço físico das associações. Depois surgiu a oportunidade de darmos um segundo salto que foi as associações começarem também a fazer parte daquilo que é a capacidade de atração do concelho”.

Para João Lobo, esta parceria tem sido fundamental para o sucesso das feiras gastronómicas promovidas ao longo do ano. “É um orgulho sentir que as nossas associações, que são mais de 60 por todo o concelho, participam nas feiras temáticas e noutras iniciativas. Assim estamos de facto a construir a capacidade de sermos diferenciadores e inovadores relativamente à sociedade civil voltar a fazer o seu trabalho”, adiantou João Lobo durante o seu discurso. O CDCS do Estevês participou recentemente no Festival das Sopas e Condutos e a direção deixou a garantia de que continuará a participar em outros eventos, contando com a ajuda de todos os associados e amigos para dinamizar a associação.

Na sua intervenção, o presidente da União de Freguesias de Proença-a-Nova e Peral reafirmou a disponibilidade para ajudar quando se vê “que há vontade da coletividade. Parabéns pelo vosso trabalho”. Jorge Cardoso referiu a ligação que tem com este espaço, tendo em conta que ali deu aulas de alfabetização de adultos, tendo o edifício condições totalmente diferentes das atuais. A intervenção realizada incluiu, em diferentes fases, a substituição do telhado e do chão, a pintura, a construção de um telheiro no exterior e pavimentação. O apoio do Município e da Junta de Freguesia traduziu-se na oferta de materiais de construção e de mão-de-obra.

2017-04-19