I Mostra de Profissões estimula alunos a escolher futuro profissional

Mostrar os possíveis rumos, para que os alunos decidam de forma informada o seu futuro profissional foi o mote da I Mostra de Profissões: “Rumos, nós mostramos, tu decides”, organizada pelo Município de Proença-a-Nova, Agrupamento de Escolas Pedro da Fonseca e projeto Promover e Integrar CLDS 3G, que aconteceu no dia 21 de fevereiro no Auditório Municipal e na Escola Básica e Secundária Pedro da Fonseca.

Dirigida aos alunos do 9º ano e secundário, esta iniciativa dividiu-se em duas partes: durante a manhã decorreu uma palestra sobre empreendedorismo, qualificação e formação pós-secundária; e a tarde foi preenchida com workshops e apresentações de cursos promovidos por entidades de ensino superior e cursos profissionais, inseridos no Programa de Combate ao Insucesso Escolar.

O objetivo deste evento foi apresentar aos jovens as diferentes opções formativas e todas as possibilidades de construção de uma carreira profissional, para que interromper a formação não seja uma escolha.

Na sessão de abertura desta iniciativa, o presidente da Câmara Municipal, João Lobo, estimulou os alunos a aproveitarem esta oportunidade para refletirem sobre o seu futuro profissional que “no mundo atual pode ser muito diversificado. O importante é que as escolhas que fazemos para o nosso percurso nos realizem profissionalmente e em cada momento sejamos ativos para a sociedade”. A mesma ideia foi corroborada por João Paulo Cunha, Diretor do Agrupamento de Escolas Pedro da Fonseca, que acrescentou que “enquanto professores temos a tarefa de dar aos nossos alunos conhecimento, pois num mundo globalizado e em constante mudança como é o nosso, quanto mais conhecimento tiverem, melhores oportunidades conseguirão no futuro”.

Nesta sessão, Álvaro Mendes, do Instituto de Emprego e Formação Profissional, apresentou as diferentes modalidades de formação profissional pós-secundária. Entre as propostas estão as medidas para jovens com o 9º ano de escolaridade e para maiores de 18, vocacionadas para a entrada direta no mercado de trabalho e em linha com as necessidades das empresas. Roberto Monteiro, do Instituto Politécnico de Castelo Branco, sensibilizou os jovens a nunca deixarem de estudar, acrescentando que o IPCB disponibiliza um gabinete de apoio às candidaturas ao ensino superior, totalmente gratuito e não exclusivo só para cursos do IPCB, mas com o objetivo de orientar o melhor possível todos aqueles que escolherem o ensino superior. O empreendedorismo e as soluções que existem para quem quer enveredar por uma carreira na área empresarial foi o tema apresentado por Gina Filipe da Associação Empresarial da Beira Baixa.

Durante a tarde os alunos assistiram a diversas sessões de esclarecimento sobre os procedimentos nas candidaturas de acesso ao ensino superior, proatividade e empreendedorismo, promovidas pela Associação Inspiring Future. Os alunos do curso de ciências e tecnologias, de línguas e humanidades e dos cursos técnicos de gestão e programação de sistemas informáticos e de técnico de turismo ambiental e rural demonstraram aos colegas as competências adquiridas em cada um deles e o Instituto Politécnico de Castelo Branco e de Tomar também marcaram presença com a demonstração das suas ofertas educativas.

 

 

2018-02-23