Embaixador da Guiné Equatorial apadrinha Bosquete do Charco no CCV da Floresta

O Embaixador da Guiné Equatorial em Portugal, Tito Mba Ada, apadrinhou a plantação de árvores no Bosquete do Charco, uma das áreas da Floresta de Ciência no espaço exterior do Centro Ciência Viva da Floresta. A comitiva visitante, que plantou medronheiros, sobreiros e alecrim junto ao charco biológico, visitou ainda outros pontos turísticos do concelho, nomeadamente a aldeia do xisto da Figueira e o Museu Isilda Martins.

O presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, anfitrião da visita, contextualizou-a na sequência da iniciativa “Adote uma Árvore” que o Geopark Naturtejo dinamizou na BTL – Feira Internacional de Turismo em Lisboa, na qual esteve presente o embaixador. “A problemática dos incêndios florestais e a necessidade de se privilegiar o reflorestamento do território com árvores autóctones sensibilizou o senhor Embaixador que manifestou, desde logo, disponibilidade para conhecer de perto a nossa realidade e contribuir para a plantação de árvores”, refere João Lobo. “Para nós é sempre importante darmos a conhecer o concelho de Proença-a-Nova, neste caso ao representante máximo da Guiné Equatorial, país que integra a CPLP - Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, divulgando aquele que é um dos nossos principais recursos e outras vertentes a ele associadas como a gastronomia ou o turismo”.

Ficou ainda o convite para uma segunda visita, mais prolongada, ao território do Geopark Naturtejo e aos seis concelhos que o integram e dinamizaram a iniciativa “Adote uma Árvore” na BTL.

2018-03-08