Conferência debate Ecos de Proença

As memórias e vivências da população e os instrumentos para as preservar vão estar em debate no Dia do Município, numa conferência intitulada Ecos de Proença. O nome foi igualmente escolhido para um projeto de recolha do património imaterial do Município de Proença-a-Nova, que recentemente ganhou expressão pública através de uma página no Facebook.

O projeto iniciou-se, numa primeira fase, com um desafio lançado às escolas e com material recolhido através da Bibliomóvel, nas suas andanças de proximidade relativamente a faixas envelhecidas da população. Pretende-se promover a recolha de tradições, lendas, fotografias e outros objetos que contribuem para preservar a identidade cultural e reconstituir momentos históricos marcantes no concelho.

O desafio é agora lançado a toda a comunidade, sendo a página do Facebook um primeiro passo agregador de informação e facilitador da partilha e divulgação de memórias. Os interessados em partilhar registos, sejam fotografias, vídeos ou testemunhos de vida, poderão obter informações através do e-mail ecosdeproenca@cm-proencanova.pt. Todos os materiais recolhidos serão acompanhados de uma ficha própria de arquivo.

Angel Espina Barrio, professor de Antropologia Social na Universidade de Salamanca, Pedro Salvado, do Instituto de Investigações Antropológicas de Castela e Leão, e Pedro Antunes, mestrando na Universidade Nova de Lisboa, são os oradores convidados para refletir sobre o tema, a partir das 15h30 do dia 13 de junho. Pedro Antunes iniciou, em março, um trabalho de investigação que inclui a produção de um documentário sobre a Encomendação das Almas no concelho.

2013-05-30