Gabinete de Ação Social e Saúde

 

 

Contactos

Município de Proença-a-Nova - CLDS Agir

Avenida do Colégio 

6150-401 Proença-a-Nova

 

Telefone: 274 670 000 - Ext. 129/130

Fax: 274 671 697

Email: cldsagir@cm-proencanova.pt

 

Enquadramento

Os CLDS têm por finalidade promover a inclusão social dos cidadãos, de forma multisetorial e integrada, através de ações a executar em parceria, de forma a combater a pobreza persistente e a exclusão social em territórios deprimidos. Tais como: territórios críticos das áreas metropolitanas, territórios industrializados com forte desqualificação, territórios envelhecidos e territórios fortemente atingidos por calamidades. Tendo sido criado com a portaria nº 396/2007 de 2 de abril posteriormente alterado com a portaria nº 285/2008 de 10 de abril.

Este programa, por força do protocolo celebrado entre o Instituto de Segurança Social, I.P. e o Programa Operacional Potencial Humano, através do qual foi o Instituto constituído Organismo Responsável pela Execução de Politicas Públicas (OREPP) no âmbito da tipologia 6.13 – Contratos Locais de Desenvolvimento Social, permite o cofinanciamento da maioria das despesas de funcionamento dos projetos, pelo Fundo Social Europeu e Estado Português. 

 

Projeto CLDS - AGIR

 

 

 

 

 

 

Com início em maio de 2011 e término em maio de 2014, o Projeto CLDS - AGIR do Município de Proença-a-Nova tem como entidade coordenadora a Pinhal Maior – Associação Desenvolvimento do Pinhal Interior Sul. À semelhança de outros CLDS assenta em quatro eixos de intervenção:

  • Eixo 1 – Emprego, formação e qualificação
  • Eixo 2 – Intervenção familiar e parental
  • Eixo 3 – Capacitação da comunidade e das instituições
  • Eixo 4 – Informação e acessibilidade

 

Ações

 Gabinete de Apoio ao Emprego e Empreendedorismo

Funciona como um espaço de divulgação e encaminhamento de oferta e procura de emprego, qualificação e formação profissional, acompanhando individualmente cada processo. Pretende ainda promover o empreendedorismo, apoiando a criação e desenvolvimento de pequenas e médias empresas nas primeiras etapas da sua vida, nomeadamente prestando aconselhamento jurídico.

 Criação de uma marca única

Criação de uma marca única identificativa do concelho que permita a pequenos produtores escoarem os seus produtos, fomentando o empreendedorismo e combatendo a elevada taxa de desemprego.

 Ações de formação para desempregados, entidades empregadoras e pequenos artesãos

Realização de ações que permitam: informação aos agentes económicos; aquisição de competências por parte dos desempregados; aprendizagem/aperfeiçoamento de diversas técnicas de produção de artigos de artesanato por parte de pequenos artesãos.

 Criação e dinamização de uma Universidade Sénior

Criação e dinamização de um espaço em que se realizem atividades socioculturais que permitam promover a socialização e a aprendizagem ao longo da vida, quebrando a solidão e isolamento a que a comunidade de territórios envelhecidos e desertificados está votada.

 Dinamização de um Banco de Voluntariado

Dinamização do Banco de Voluntariado existente no concelho.

 Criação e dinamização de uma Escola de Pais

Criação e dinamização de espaços em que pais e educadores possam trocar ideias e saberes, encontrar apoio na resolução de problemas e ganhar mais autoconfiança, para melhor desempenharem a "árdua tarefa" de educar.

 Ação de formação em Gestão Doméstica

Realização de uma acão de formação que permita a aquisição de competências no âmbito da gestão doméstica e formação parental.

 Apoio na criação e dinamização das Associações do Concelho

Prestação de apoio jurídico a associações criadas e a criar no concelho e realização de feiras temáticas para a dinamização das mesmas. Pretende-se ainda que os grupos de trabalho que serão criados para elaboração de produtos artesanais e posterior comercialização pela marca do concelho tenham a sua sede nas associações.

 Ações de formação para prestadores de cuidados a idosos

Realização de ações de formação que permitam a aquisição de competências no âmbito da prestação de cuidados à pessoa idosa.

 Ações de formação em TIC (Tecnologias da Informação e Comunicação)

Realização de ações de formação que permitam a aquisição de competências no âmbito das Tecnologias de Informação e Comunicação, assim como ações de informação sobre os perigos da utilização "excessiva" da internet.