Património

Os registos de presença humana no concelho de Proença-a-Nova remontam há mais de cinco mil anos, conforme provam as mais recentes investigações arqueológicas. Desde essa altura que habitantes deixam a sua marca no território, visível em antas, muralhas ou fortes mas também em igrejas e outros edifícios com história. As tradições, os usos e os costumes são igualmente património, neste caso imaterial, que importa preservar pois também é este que constrói a identidade dos proencenses.